03
Ago 11

Navegando...

 

Teu corpo desenhado milimetricamente,

esculpido de forma perfeita

que me faz navegar por mares inimagináveis.

Corpos suados que navegam num incrível mar,

o mar do nosso amor.

Onde navegamos por entre ondas de sedução,

ondas de prazer.

Pouco a pouco as mãos soltam-se e tocam-se mutuamente

Levemente deslizam pelo teu corpo perfeito

em busca da saciedade.

Os nossos corpos desejam mais,

desejam ondas e ondas repletas de prazer.

Unimo-nos num só,

e fazemos a melhor viagem que juntos sabemos fazer.

Navegamos nesse mar só nosso que tem o nosso nome

o nome do nosso amor.

 

Amo-te, e só te quero amar!@

publicado por diariodesentimentos às 11:42 | sussura-me! | sussurros (6) | favorito
sinto-me: feliz ao teu lado
29
Jul 11

É comigo que podes dançar...

 

 

És sentimento em harmonia,

és tudo o que eu sonhei um dia.

És pureza,

és carinho,

e amor inexplicável.

Adoro quando me tocas e me enches de mimo.

O teu olhar doce de mel

conquistou a minha vida.

Adoro saber que és o melhor

Adoro quando me dás o teu calor.

Adoro saber que é ao meu lado que estás,

que é em mim que tocas!

Adoro saber que sou eu quem desejas.

Obrigada por seres o par da minha dança

O par que comigo festeja.

E mesmo quando o sol se esconde e parece vir a chuva

conseguimos rir juntos e trazer a felicidade.

Agradeço-te por tudo o que já foi

Pelo que ainda não foi, mas que me mostras que ainda será.

Somos felizes por amar!

Sempre que quiseres,

Sempre que precisares,

Sempre que desejares

É comigo que podes dançar!

 

 

p.S ( mais um dia nosso... @)

publicado por diariodesentimentos às 00:00 | sussura-me! | sussurros (4) | favorito
sinto-me:
música: Mika Mendes - Só um momento
20
Jul 11

Pintas o sol da cor da terra mas não o meu corpo!

Ainda eu era pequena

mas recordo-me tão bem

de fazeres pinturas de sonhos

em certas noites serenas.

Pintavas a lua da cor do mar,

e fazias pinturas de guerra

que eu não sei apagar.

Assim era, até que um dia

por milagre ou por magia

com o vento tudo mudou.

A luz é simples

como um balão prateado

que sobe na direcção da lua.

O balão que viaja com os meus sonhos.

Quises-te pintar a lua na minha mão

e eu deixei

Quises-te pintar o sol da cor do mar

misturas-te o vento e a lama

as nuvens e a areia

a terra e o céu.

Por quantas provas terei eu que passar?

Enganar-me a mim? Nem vão sentido!

Pintas o sol da cor da terra mas não o meu corpo!

publicado por diariodesentimentos às 20:04 | sussura-me! | sussurros (8) | favorito
sinto-me: a recordar
15
Jul 11

A noite...

 

 

A noite já caiu lá fora, está uma noite calma em que reina a paz, o céu está limpo e estrelado e eu insisto em vê-lo só pela janela.

O ambiente da rua é contraditório com o turbilhão de sentimentos e emoções que permanece no meu corpo há dias!

O meu coração bate desesperadamente!

O meu corpo ensendeia-se de desejo!

A minha boca grita o teu nome!

As minhas mãos tentam agarrar a tua imagem que o meu cérebro criou...

Ahhh.. Por vezes penso que não passas de uma ilusão! Fico tanto tempo sem te ver, mas depois tu apareces de mansinho como se quisesses recompor todas as peças que tinham ficado perdidas no puzzle da nossa vida.

Chegas devagarinho e com palavras bonitas, tocas suavemente no corpo que tem o teu nome tatuado, respiras bem perto do meu pescoço e fazes-me tremer.

Os dias em que aqui estás parecem dias perdidos no tempo, em que nada mais importa, esqueço o relógio, e as horas passam sem que nenhum de nós se aperceba.

A dura realidade volta quando tu me dizes que vais embora.

E mais uma vez questiono-me sobre quando voltarás.

Sem ti, a solidão apodera-se do meu organismo, respiro fundo, o coração volta a bater no seu ritmo mais acelerado até se habituar à tua ausência novamente.

Partis-te mais uma vez e eu continuo aqui a olhar o céu e esperando o teu regresso.

 

... foi ilusão?

 

 

publicado por diariodesentimentos às 00:00 | sussura-me! | sussurros (9) | favorito
sinto-me: melancolica
07
Jul 11

Palavras não chegam

Por mais palavras que eu tente arranjar para te demonstrar o que sinto, jamais conseguirei!

Palavras não chegam para expressar a forma como o meu coração bate cada vez que te aproximas.

Para expressar a forma como o meu corpo se arrepia cada vez que me tocas.

Para expressar a angústia em que vivo quando não estás!

Para expressar o desejo intenso que os meus lábios sentem em beijar-te...

Para expressar o nervoso que sinto quando sei que estás a chegar.

É impressionante o turbilhão de sentimentos pelo qual eu passo só por te amar.

O amor, o carinho, os sorrisos, a ternura, o afecto e a preocupação que sinto em cada vez que estamos juntos contribuem para este sentimento que não tenho palavras suficientes para expressar.

publicado por diariodesentimentos às 12:51 | sussura-me! | sussurros (4) | favorito
sinto-me: :)
música: Quero mais
17
Jun 11

Sabes...

     Sabes...

     Eu continuo a ouvir a tua voz mesmo quando tu adormeces depois de mim, o teu toque entra nos meus mais profundos sonhos.

     Perdoa-me nunca te ter dito que sentia o teu toque mesmo enquanto dormia, mas eu encarava-o como alimento para a minha sobreviência.

     De cada vez que me tocas, sinto que preciso de mais, de muito mais, mas eu sei que és igual a mim... Que naquelas noites serenas ambos sentiamos que o mundo era nosso!

     Que cada vez que me beijas sentes o que sinto e desejas mais!

     Que cada vez que me tocas, sentimos que podemos voar...

     Consegues sentir o meu coração bater tão depressa como se fosse a ultima vez que estamos juntos?

     Porque cada vez que me beijas, sinto que posso chegar à lua!

     Porque cada vez que me tocas me arrepias!

     Tu encontras-me sempre que estou perdida, os teus braços são o meu porto de abrigo, o teu coração é o meu céu... Não há limites para algo assim!

publicado por diariodesentimentos às 13:18 | sussura-me! | sussurros (16) | favorito
sinto-me: apaixonada
música: Mika Mendes - Só um momento
09
Jan 09

SOu NAda

«Não sou nada.

Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.»
Mas a verdade é que olhando este mar
Sinto-me nada,
E sinto-me tudo.
De olhos postos no mar
Vejo o lugar onde nasci,
O lugar onde também te perdi.
«Falhei em tudo
Como não fiz propósito nenhum, talvez tudo fosse nada.»
Junto a este mar
«Vivi, estudei, amei e até cri.»
Amei-te a ti,
Tu que és a «essência musical dos meus versos inúteis.»
Por ti, «fiz de mim o que não soube,
E o que podia fazer de mim não o fiz.»
«Quem me dera encontrar-te como coisa que eu fizesse»
Para nos voltarmos a perder,
Procurando o amor.
Para me fechares os olhos,
Me tocares,
Me envolveres.
Para nesta imensidão,
Nadarmos por entre segredos e amor,
Nadarmos por entre carícias e toques.
Mas «a realidade plausível cai de repente em cima de mim»,
Não vais voltar a estar aqui.
Perco-me ao passear por esta praia.
«E, num desejo terrível, súbito, violento, inconcebível,
Acelero…
Mas o meu coração ficou no monte de pedras, de que me desviei ao vê-lo       
                                                                                                      sem vê-lo» À beira-mar…
O meu coração ficou vazio.
O meu coração sentiu-se insatisfeito.
E voltei a sentir-me nada!
 
Inspirado em Álvaro de Campos (Tabacaria, Dois excertos de Odes e ao volante do Chevrolet pela estrada de Sintra)
publicado por diariodesentimentos às 16:30 | sussura-me! | sussurros (8) | favorito
tags:
sinto-me: um pouco só
música: Nelson Freitas - Cré Sabe
23
Dez 08

Caminhando pelo amor

imagem retirada da internet

 

Sinto que fazes parte de mim!

O som do teu olhar

faz-me desejar ficar perto de ti,

para o ouvir cantar.

O brilho do teu sorriso,

consegue-me encantar.

O teu corpo é doce,

sabes que o desejo.

Nada nem ninguém é igual ao que eu em ti vejo.

Entre abraços e beijos

nos perdemos pelas nuvens,

procurando o amor.

Estou à tua espera, e tu vens.

Vens tocar-me,

vens envolver-me.

Nesta imensidão de céu

voamos por entre segredos e amor,

voamos por entre carícias e toques,

e assim, vivemos esta paixão.

Feita de um feitiço replecto de emoção.

Por fim, acabo por dizer-te

que es importante,

que me complestas-te

e sim, sai a palavra mágica: AMO-TE!

 

(dedicado a ti! unica e exclusivamente para ti =$)

 

publicado por diariodesentimentos às 22:32 | sussura-me! | sussurros (13) | favorito
tags:
sinto-me: apaixonada
música: Denis Graça- Junto pa Sempre
17
Dez 08

O porquê de te amar

     Podia optar por não te amar, podia optar por não te ver, podia até optar por não pensar em ti! Mas nada disso é possível num corpo que inteiramente te deseja! Num corpo que há viva força quer ser teu!

     Dentro de mim há um desejo profundo que te chama, sinto que correspondes a esse desejo.

     Procuro-te! Encontro-te! Estás dentro de mim no meu peito, és algo que bombeia sangue para todo o meu corpo, és o meu coração! És a minha força!

     Eu nunca conheci nada assim, eu estive apaixonada e contínuo apaixonada, mas nunca nada foi igual a isto!

     Tu és como um pai, como um soldado que me protege, o rapaz que me salva, és o meu melhor amigo, o meu médico, o meu namorado, o meu marido, o meu conselheiro, o meu professor, o meu tudo!

     Já chorei contigo, já ri contigo, já andei de mãos dadas contigo na rua, já passeei contigo, e até já vi as estrelas contigo, ao teu lado vou ao céu.

     Mas realmente não encontro nenhuma razão para te amar, será que o facto de tu seres tudo isso para mim é a razão pela qual te amo?

 

 

Amo-te porque não sei não gostar de ti!

publicado por diariodesentimentos às 16:05 | sussura-me! | sussurros (19) | favorito
sinto-me: nem sei bem..
música: Do sonho eu sei - sara tavares
11
Nov 08

Dor

    

 

 

     Amar-te e desejar-te são os meus piores sentimentos porque o faço sem te ter, porque tu não estas. Porque te procuro e nao te encontro. Vejo fotografias, penso em ti a toda a hora, mas de que serve tudo isto quando tu ja nao queres mais? De que serve procurar-te quando tu te escondes?

      De noite acordo, e sinto uma ligeira esperança de que tenhas mudado de ideias e estejas finalmente  ao meu lado, olho à minha volta e vejo que não , foi ilusão minha. Mais uma vez o coração fica bem apertadinho, maguadinho, triste! 

     Triste é essa a palavra que descreve o que eu sinto todos os dias, dia a dia, desde que optas-te por não querer mais.

     Esforço-me por sorrir, esforço-me por resistir, esforço-me por sobreviver...

     Passo os dias nesta luta constante de sentimentos.   

 

 

publicado por diariodesentimentos às 13:14 | sussura-me! | sussurros (6) | favorito
sinto-me:
música: Sara tavares- nha cretcheu