Sinto-te (me)

 

Conheço cada olhar teu como se os teus olhos falassem.

Leio cada pestanejar, cada brilho, cada lacrimejar como se de um livro se tratasse e palavras saíssem de lá.

Reconheço cada sorriso teu, como se estivesse directamente ligado por um fio ao meu coração.

Compreendo cada um deles.

Sei cada acção tua o que significa e o que será, desde o que já fizes-te ao que ainda farás.    

Sinto o que sentes.

Penso o que pensas.

És o retrato da minha alma, esta alma tão inteiramente tua, deste corpo que tão fortemente te deseja.

Deseja que as tuas mãos deslizem nele e que os teus beijos, os melhores do mundo, o façam arrepiar.

 

 

Amo-te da melhor maneira que o sei sentir @

publicado por diariodesentimentos às 16:39 | favorito
tags:
sinto-me: com amor para te dar