O porquê de te amar

     Podia optar por não te amar, podia optar por não te ver, podia até optar por não pensar em ti! Mas nada disso é possível num corpo que inteiramente te deseja! Num corpo que há viva força quer ser teu!

     Dentro de mim há um desejo profundo que te chama, sinto que correspondes a esse desejo.

     Procuro-te! Encontro-te! Estás dentro de mim no meu peito, és algo que bombeia sangue para todo o meu corpo, és o meu coração! És a minha força!

     Eu nunca conheci nada assim, eu estive apaixonada e contínuo apaixonada, mas nunca nada foi igual a isto!

     Tu és como um pai, como um soldado que me protege, o rapaz que me salva, és o meu melhor amigo, o meu médico, o meu namorado, o meu marido, o meu conselheiro, o meu professor, o meu tudo!

     Já chorei contigo, já ri contigo, já andei de mãos dadas contigo na rua, já passeei contigo, e até já vi as estrelas contigo, ao teu lado vou ao céu.

     Mas realmente não encontro nenhuma razão para te amar, será que o facto de tu seres tudo isso para mim é a razão pela qual te amo?

 

 

Amo-te porque não sei não gostar de ti!

publicado por diariodesentimentos às 16:05 | favorito
sinto-me: nem sei bem..
música: Do sonho eu sei - sara tavares