És o meu tesouro minha lua

 

 

 

 

És a lua que espreita pela janela do meu quarto deixando entrar uma restia de luz nesta noite, como quem ilumina o meu coração.

És a lua que rasga o céu escuro, igual à forma como entras-te na minha vida, de repente e sem pedir licença.

Mas sabes? A lua que vejo aqui, deitada na minha cama, equipara-se à tua beleza, é um ser extraordinario, tal como tu, meu Deus Grego.

Tens o brilho e encanto tal qual uma lua numa noite em que sem ela não existiria luz... assim eu me sinto também... sem ti perde-se o brilho que um amor pode ter!

És o tesouro que eu descobri na minha vida, e que para sempre vou guardar, és de uma riqueza incalculável.

O tesouro que guardo com todo o amor e carinho no meu peito, é este o teu lugar, sempre será o teu baú, o meu coração é o lugar onde vives. Dou-te todo o meu amor para te alimentar em mim, dou-te toda a minha força para manter o teu brilho.

Espero continuar a ter-te para sempre no meu baú, para poder ver o brilho dos teus olhos como o brilho da lua, para admirar esse teu sorriso tão lindo, tão perfeito, tão bem desenhado... para continuar a tocar nesse teu corpo com formas tão perfeitas.

Serás o meu tesouro eternamente...!

 

Amo-te porque não sei não te amar@

publicado por diariodesentimentos às 01:19 | sussura-me! | sussurros (10) | favorito
tags:
sinto-me: com amor para dar
música: fazer amor - 2much