Sabes...

     Sabes...

     Eu continuo a ouvir a tua voz mesmo quando tu adormeces depois de mim, o teu toque entra nos meus mais profundos sonhos.

     Perdoa-me nunca te ter dito que sentia o teu toque mesmo enquanto dormia, mas eu encarava-o como alimento para a minha sobreviência.

     De cada vez que me tocas, sinto que preciso de mais, de muito mais, mas eu sei que és igual a mim... Que naquelas noites serenas ambos sentiamos que o mundo era nosso!

     Que cada vez que me beijas sentes o que sinto e desejas mais!

     Que cada vez que me tocas, sentimos que podemos voar...

     Consegues sentir o meu coração bater tão depressa como se fosse a ultima vez que estamos juntos?

     Porque cada vez que me beijas, sinto que posso chegar à lua!

     Porque cada vez que me tocas me arrepias!

     Tu encontras-me sempre que estou perdida, os teus braços são o meu porto de abrigo, o teu coração é o meu céu... Não há limites para algo assim!

publicado por diariodesentimentos às 13:18 | sussura-me! | favorito
sinto-me: apaixonada
música: Mika Mendes - Só um momento